Quando se pensa nos conceitos moderno e tradicional, a resposta que vem à cabeça soa simples: o primeiro é novo e o segundo é mais antigo, clássico, retrô. É como colocar um celular de última geração e uma máquina de datilografar lado a lado. Porém, nem tudo é só o que parece. O velho e o novo podem ser interpretados de diferentes formas em um cenário mesclado e equilibrado. No contexto da arquitetura, os conceitos tornam-se totalmente subjetivos, de acordo com a forma de compreender... Leia mais...