Para transformar ambientes simples em espaços extraordinários, a empresa BUENO utiliza de conceito que une versatilidade e leveza em tecidos

Formatos orgânicos, plasticidade, sombras e volumes. O conceito do tecido tensionado envolve ainda sustentabilidade e praticidade em um único projeto. A BUENO Arquitetura Cenográfica, que se aprimorou nos últimos 15 anos no desenvolvimento dessa técnica, reafirma seu propósito de dar conceito, movimento e vida aos projetos de cenografia para eventos, fazendo uso sempre da influência dos mestres da arquitetura, da arte e do design.

Efêmero ou não, muitos arquitetos e designers, modernos e contemporâneos, se rendem as vantagens e aos benefícios que esse tipo de trabalho oferece, nitidamente atemporal.

O arquiteto alemão Frei Otto, reconhecido com um Pritzker por projetar, entre 1950 e 1970, estruturas com cabos de aço e membranas tensionadas, extremamente inovadoras, leves, belas e funcionais. Os projetos ficaram conhecidos porque ele conseguia com poucos e simples elementos criar obras extraordinárias.

Contudo, além da arquitetura, temos as artes plásticas e, é impossível falar da arte do tecido tensionado, sem mencionar um expoente nesta técnica, o artista brasileiro Ernesto Neto, que através dos tecidos cria verdadeiros espaços de experimentação.

tecido 2

Para Ricardo Bueno, sócio-diretor de criação da empresa, o segredo de trabalhar com tecidos é justamente saber manuseá-los. “O grande diferencial está em saber modelar, cortar e conseguir preencher espaços de forma tridimensional. Principalmente porque é um dos poucos materiais que aceitam formatos orgânicos.Você consegue brincar com formas que vão além de regras simétricas, ricos em sinuosidades e que proporcionam um grande leque de possibilidades”, explica.

Muitos projetos desafiaram a BUENO na busca da superação com o uso dessa técnica, desde florestas conceituais, árvores cenográficas, esculturas de tecido e alguns convites internacionais para montagem de cenários com tecidos na Inglaterra, Portugal, França,  Uruguai, o que até resultou em um prêmio de design.

Entre alguns benefícios e principais vantagens destes tecidos tensionados é possível destacar a facilidade no transporte, montagem, efeito estético surpreendente, variedade de formas e modelos, simplicidade de elementos estruturais, entre outros.

tecido 3

Para Leila Bueno, arquiteta e  sócia-diretora comercial na BUENO, utilizar tecidos tensionados é muito vantajoso e prático. “É muito simples transportar esse tipo de cenografia e quando chega ao seu local de destino faz toda diferença. Sem dúvidas, eles permitem atingir resultados satisfatórios que com outros materiais como plástico, madeira  ou outra matéria-prima não seria possível”, explica.

A BUENO sempre parte da premissa de que eventos só são efêmeros quando não faz sentido às pessoas. Misturar conceitos antigos com ideias novas é fazer diferente. Unir inteligências multidisciplinares, percepções e bagagens culturais é buscar o melhor. Utilizar leveza e a versatilidade dos tecidos tensionados é transformar ambientes e proporcionar experiências únicas.