29598246_2056928881190150_4085460308459598227_n

Quantas BUENOS cabem em uma BUENO?

Há 25 anos construindo histórias e proporcionando experiências.

“Existo, quem é que me vê?”, questionaria o poeta Fernando Pessoa. Para ser visto, ser notado, é preciso falar, se expressar. Seja com palavras, gestos ou com arte. Aqui, nesse contexto, a arquitetura cenográfica ganha sua representatividade. Dando vida aos lugares e eventos. Muito mais do que ter um significado decorativo, faz parte do seu papel despertar sensações. Proporcionar experiências. Uma trajetória de 25 anos é composta por diversos elementos. Tudo que já passou, passa e passará. Dos rabiscos no papel ou na parede. Das reuniões infinitas e trocas de ideias. Dos projetos começados ou finalizados. Das pessoas que ficam e deixam um pouco de si. Dos colaboradores que vão e levam um pouco de nós. Todo feedback é bem-vindo. Bons ou ruins, nos agregam, nos tornam melhores. O preto e branco vira colorido, ganha projeção numa tela 3D. Então, somos feitos de sorrisos, de conquistas, de histórias, de projetos, de montagens. De eventos, de sonhos, de experiências, de pessoas. Somos, principalmente, feitos de gente. Que ri, que chora, que abre o coração. É por isso que cabemos todos aqui. Nessa grande rede colaborativa que formalmente chamamos de empresa. Mas que ouvindo o lado esquerdo do peito, poderíamos facilmente apelidar de lar.

25-anos-parte1-900-2
25-anos-parte-5
Leia nossa matéria especial de 25 anos, acesse aqui